top of page
Buscar

Consciência Através do Movimento


Moshe Feldenkrais deu às suas aulas de grupo o mesmo nome que deu ao seu primeiro livro - “Awareness Through Movement” (ATM). Em português, não encontro o equivalente directo para a palavra “Awareness”, sendo a tradução mais comum deste título - “Consciência através de Movimento”.

Feldenkrais deixou-nos um vasto repertório dessas aulas, sugeridas como exercícios de saúde e crescimento pessoal. Elas consistem em explorações de movimento onde o ênfase é colocado na palavra - “Awareness” - ou seja, no conhecimento e na percepção que cada um de nós, individualmente, tem de si mesmo.

- Como é que isso acontece? -

por agora, deixo-te apenas com um par de sugestões que ajudar-te-ão a encontrares a atitude certa para tirares o maior benefício das minhas aulas.


Faz tudo muito devagar


Num mundo inundado de estímulos cada vez mais acelerados, há que contrabalançá-lo com momentos de calma, sem pressa de chegarmos a lado nenhum e saboreando a plenitude do momento presente.

Nas minhas aulas, não pretendo ensinar-te mas sim facilitar-te a ouvires-te e a

perceberes-te de uma maneira diferente.

Por isso, é essencial dar o tempo suficiente para que cada um, no seu próprio ritmo de compreensão, possa aprender mais acerca de si.

Abrandar, permite-te expandires a tua atenção e observares as subtilezas e os detalhes da tua própria experiência. Serás assim capaz de identificar os teus padrões de movimento mais eficientes e de eliminar esforços supérfluos e desnecessários. Esforços esses, que quase todos nós repetimos, especialmente, quando estamos a aprender algo de novo, ou quando ambicionamos alcançar um objectivo.


Procura sensações agradáveis


Não sei como foi para ti, mas eu cresci com a noção de que o sofrimento não é apenas

necessário mas é também uma virtude e de que o prazer, por seu lado, é suspeito.

O método Feldenkrais, porém, deu-me os meios práticos para entender que ao fazer esforço para melhorar, eu, na verdade, estou a atrapalhar a minha aprendizagem e a obscurecer o meu potencial.

A primeira coisa a perceber sobre o prazer, é que este relaxa a respiração.

Respirar de maneira simples e fácil, é o primeiro indicador de que um movimento está integrado e organizado.

Frequentemente, damos mais atenção àquelas partes do nosso corpo onde sentimos dor ou desconforto. Isso é importante de notar mas aconselho-te a que não fiques só por aí. Não te apegues àquilo que está mal. Permite-te também descobrires em ti, sensações de conforto e prazer. Então, terás a recompensa não apenas de uma sensação de prazer, mas saberás também, reconhecer o que estás a fazer que funciona bem.

Poderás assim, transferir esse mesmo entendimento para outras partes de ti, onde não experiencias tanta clareza e simplicidade.


Obrigada pela tua atenção. Espero encontrar-te na próxima aula.


Calorosamente,


Sofia



4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page